Segunda, 18 Janeiro 2016 19:37

Santiago do Chile

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Vista panoramica da cidade de Santiago, Chile Vista panoramica da cidade de Santiago, Chile Conhecer é Preciso

Santiago do Chile  

Depois da cidade de Mendoza na Argentina, cruzamos a Cordilheira dos Andes, passando pelo Aconcagua a 3200 metros de altitudes, lindíssima paisagem. Picos imponentes com seus cumes cobertos de neve, vegetação verde e rasteira na base das montanhas e rarefeitas na medida que aproxima do ponto mais alto. Verdadeiros leitos de rios secos que cortam as encostas, que escorrem suas águas no período das chuvas e do degelo no final do inverno. Rios com leitos largos que serpenteiam tal qual a estrada na Cordilheira, que desaguam no parte leste do continente, na Argentina, Formando o caudaloso rio Mendoza que embeleza a Ciudad de las árboles, tema do artigo que escrevi anteriormente.

De outro lado da Cordilheira, nossos olhos contemplaram outra paisagem. O Chile nos recebeu com a descida da estrada em forma de caracol, muitas curvas que chegam quase a trezentos e sessenta graus. O relevo acidentando, quase sem nem uma vegetação, muitas rochas e poeira vulcânica fina que me deixava com a sensação de estar sempre sujo.

Chegamos a Santiago do Chile a noite e como sempre procuramos uma Igreja. Localizamos a Igreja Batista Jesus es la Roca, fomos recepcionados pelo jovem irmão Claudio e que nos arrumou hospedagem na garagem da amável família do ir. Gonzalo.

Depois fomos para o litoral do Poetas onde encontramos nosso filho Tonzinho e sua esposa. Assistimos como convidados ao casamento da Richard e Elizabete no acampamento presbiteriano La Granja.

Depois voltamos para Santiago para receber nosso outro filho - Éco - que chegava do Rio de Janeiro para passar o natal conosco. Finalmente a família, após um ano estava novamente reunida e se alegrando e explorando a bela cidade de Santiago. Visitamos o maior edifício da América latina, a Torre Costanera com seus trezentos metros de altura, fomos conhecer a vinícola Concha y Toro, passeamos de metrô e conhecemos vários pontos turísticos da cidade. Em El Tabo, no litoral dos Poetas conhecemos a casa do ilustre escritos chileno Pablo Neruda. 

Depois do Natal despedimos dos amados filhos e prometendo em breve reencontra-los nas suas respectivas casas. Agora direcionamos a bússola do Casulo em direção ao sul, pela Ruta Pan Americana chilena. 

 
Lido 5781 vezes Última modificação em Sábado, 06 Fevereiro 2016 07:23

Fotos