Quarta, 16 Julho 2014 10:19

O extremo do continente europeu - 14 à 21/07/2014.

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O extremo do continente europeu - 14 à 21/07/2014.

 Pois bem, chegamos ao extremo sul da Espanha, em La Linea del Concepción fronteira seca com Gibraltar, ponto mais próximo com o norte da África. Daqui já podemos ver através do Estreito de Gibraltar o continente africano, sendo a cidade de Ceuta, no Marrocos, a mais próxima.

Viemos conhecer o trabalho da Igreja Batista, que é dirigida pelo missionário da Junta de Missões Mundiais do Brasil - Pr. David Bianchi e sua esposa Margarita - espanhóis de nascimento que conhecem bem os costumes e as dificuldades de pregar o Evangelho por estas bandas.

Pela primeira vez somos hóspedes de uma família genuinamente espanhola, em seu falar, na culinária e nos seus costumes. No primeiro dia fomos convidados para degustar caracóis, uma iguaria local, acompanhado de uma salada com camarão e abacate. Um prato de frios de queijo com azeite e a famosa tortilha espanhola. Sempre digo, estamos vivendo também uma experiência missionária transcultural gastronômica. 

Visitamos a cidade de Gibraltar, possessão britânica, cidade com arquitetura, costumes e moeda da Inglaterra. Usamos o famoso ônibus vermelho de dois pisos, caminhamos nas ruas com casas de modelos britânicos e subimos na Rocha, ponto estratégico no passado para dominar a entrada do Mar Mediterrâneo. A alfândega mais rápida que passamos foi para entrar em Gibraltar. A poucos metros da fronteira tem uma pista de pouso de aviões, transversal a passagem de pedestre e carros, com semáforo e faixa de pedestre e carros. Para nós, uma surpresa, fato único, nunca tínhamos vistos tal diversidade para tantas vias de transporte: pessoas, carros, motos, bike, ônibus e aviões, todos usando a mesma via pública. O homem adapta-se segundo sua necessidade e quebra paradigma, até conceito de segurança.

Lido 12381 vezes Última modificação em Quinta, 17 Julho 2014 07:01

Fotos